//
você está lendo...
Geografia

Formação do planeta Terra

Eras geológicas
Com base em pesquisas científicas, de rochas e fósseis, realizadas por geólogos, paleontólogos e áreas a fins, estima-se que o planeta Terra tenha cerca de 4 bilhões de anos. Desde a origem do planeta Terra, o planeta vem sofrendo com mudanças consideráveis em seu clima, biota e crosta terrestre. Essas mudanças são a base para o estudo das eras geológicas, que consideram as características comuns do ambiente físico, químico e biológico.
O vídeo a seguir, apresenta de forma clara e objetiva o início da formação do planeta Terra, sobretudo a origem da Lua que fora uma resultante do impacto da Terra com outro planeta, bem como o surgimento da água líquida em nosso planeta, que esta relacionado ao bombardeio de meteoros que durou cerca de milhões de anos.

As eras geológicas são classificadas em Arqueozoica, Proterozoica, Paleozoica, Mesozoica e Cenozoica. As informações a seguir, elucidam brevemente as características desses períodos.

ERA

CARACTERÍSTICAS

Arqueozoica

Esse período teve início a cerca de 4 bilhões de anos atrás e caracteriza-se pelas formações iniciais da crosta terrestre, com base nas rochas magmáticas, isto é, rochas formadas pelo esfriamento do magma expelido pelos vulcões que eram comuns na época.

Proterozoica

Os geólogos pós-modernos afirmam que essa época tenha abrangido entre 2,5 bilhões á 550 milhões de anos atrás. Nela, estima-se que surgiram as primeiras formas de vida unicelulares, isto é, segundo a Biologia são microrganismos formados por uma célula. Outros fatos importantes que caracterizam esse período geológico, é o acumulo de oxigênio e dos minérios, como o ferro, ouro e manganês, que foram depositados na superfície terrestre graças a intensa atividade vulcânica.

Paleozoica

O período Paleozoico abrange o período entre 550 milhões á 250 milhões de anos atrás. Durante esses milhões de anos, surgiram os primeiros insetos e répteis, além das glaciações e florestas. Segundo a Geologia, nesse período surgiram também as rochas sedimentares, isto é, rochas formadas pelo acumulo de detritos, bem como as metamórficas, que são rochas formadas pela deformação de outras rochas, devido a pressão e temperatura.

Mesozoica

Durante o Mesozoico, existem pesquisas que afirmam que ocorreu a fragmentação do macro continente Pangeia, além do surgimento dos Dinossauros, dos animais mamíferos, das fores, das plantas e das jazidas minerais no interior dos oceanos.

Cenozoica

Durante o Cenozoico, ocorreu o Terciário (aprox. 60 milhões de anos atrás) e o Quaternário (aprox. 1 milhão de anos atrás). No Terciário surgiram os Alpes, na Europa, o Himalaia, na Ásia, os Andes, na América, além das aves e primatas; Por fim, no Quaternário, os continentes tomaram a posição atual, bem como ocorreram glaciações e o surgimento do homem.

Com base nas informações da tabela anterior, é possível afirmar que a existência do ser humano é curta no planeta Terra e segundo geólogos, o ser humano ainda não conseguiu poluir a atmosfera, a mesma quantidade que um vulcão polui quando entra em erupção.
Outra curiosidade imperativa a assinalar, é que os Dinossauros não extinguiram-se com a queda do meteoro na península de Iucatã, próximo ao México, por volta de 66,5 milhões de anos atrás. Na realidade, segundo Biólogos e Geólogos, eles desenvolveram habilidades que permitiram que eles se adaptassem as novas condições físicas. Daqui vem o estudo sobre os Dinossauros modernos como, por exemplos, aves e peixes.
Para concluir, as eras geológicas ainda são classificadas em períodos, como apresenta a tabela a seguir.

Eras e períodos geológicos

NOÇÕES BÁSICAS ENTRE ROCHAS METAMÓRFICAS, SEDIMENTARES E ÍGNEAS

Inicialmente, é imperativo destacar que segundo a Geologia, uma rocha é um agregado mineral, enquanto uma pedra não possui minérios. Nessa linha de pensamento, a Geologia estuda sobretudo a litosfera, pois é a camada da crosta terrestre formada basicamente por rochas.

Para que uma rocha seja considerada como tal, é importante que essa faça parte da história terrestre, a partir do momento que ela possua volume, isto é, representatividade na escala cartográfica. Enquanto isso, as rochas podem ser classificadas conforme sua espessura e sua composição química, isto é, podem ser classificadas como ígneas, sedimentares e metamórficas.

Enquanto as rochas magmáticas ou ígneas foram formadas pelo magma, as rochas sedimentares tiveram origem nos processos de deposições sedimentares e posterior compressão destes; por fim, as rochas metamórficas são consequências do intemperismo químico, físico ou biológico, nas rochas anteriores que formam a rocha metamórfica.

_______________________________________________

Dica de documentário: Assista o documentário a seguir, pois ele elucida muito bem esse tema e ainda complementa o tema com algumas breves notas históricas acerca da evolução humana.

Sobre Ramon Bieco

Professor de Geografia desde 2009

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: